terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Um Salva Vidas que a Saúde quer Matar (por Steve Forbes)

A HORA E A VEZ da tecnologia que veio para ajudar a resolver grandes problemas ou detonar, regras e restrições governamentais antiprogressistas esclerosadas.

Pense no aplicativo Uber e os cartéis de táxi locais ou, décadas atrás, como a invenção de fundos monetários "upended" ditames da era da Depressão, que obrigaram os indivíduos a receber as taxas de juros abaixo do mercado em seus depósitos.

Um avanço que fica absolutamente sem nenhuma verdade, é despertado em relação à intensa hostilidade de pessoas que deveriam buscar saber mais sobre.- é a invenção vaporizadores (e-cigs).

Estes vaporizadores movidos a bateria contém nicotina e dão aos usuários a sensação de que eles estão realmente fumando.
Mas a grande beleza deles é que não há fumo envolvido. Sem fumaça indo para os pulmões de ninguém.
Vaporizadores têm sido extremamente úteis para as pessoas que querem parar de fumar, mas descobriram que é impossível fazer permanentemente.

Estes vaporizadores são mais eficazes do que os patches, goma ou qualquer das outras coisas que os fumantes que querem parar tentam. No entanto, muitos do setor da saúde, funcionários e políticos babás de estatais foram correndo para cima tentando restringir ou proibir os e-cigs, da mesma forma que os cigarros reais.

Alguns destes repreendem e ficam ofendidos porque os usuários parecem estar fumando e, pior ainda, gostando. Para eles, os fumantes devem sofrer por seu pecado; para desistir, pagar o pecado deve ser doloroso!

Sem um pingo de provas credíveis, eles também afirmam que os e-cigs são uma porta de entrada para o tabagismo. O mundo real mostra o oposto: Desde a invenção do e-cig, há alguns anos, o tabagismo na adolescência nos EUA caiu pela metade! O uso de vaporizadores por adolescentes se manteve e inibe os adolescentes de ficarem viciados em um hábito verdadeiramente letal.

Ao invés de celebrar este fantástico rumo dos acontecimentos, os funcionários públicos estão proclamando uma crise por causa do crescente uso de vaporizadores por adolescentes.

Tim Worstall, um colaborador da Forbes.com, alegremente cita um tal "palerma" que a partir de um relatório do governo que observava o mergulhar em tabagismo na adolescência: "Apesar dos desenvolvimentos positivos este ano [menos tabagismo na adolescência], estamos preocupados com os níveis de utilização e-cig entre os adolescentes que estamos vendo", disse Lloyd D. Johnson, Ph.D., pesquisador chefe do Instituo de Pesquisa Social da Universidade de Michigan. "Seria uma tragédia se este produto desfizesse alguns dos grandes progressos alcançados até à data na redução do consumo de cigarros por adolescentes."

Matéria Original: http://www.forbes.com/sites/steveforbes/2015/01/05/e-cigs-a-lifesaver-that-health-fascists-want-to-kill/