quinta-feira, 30 de agosto de 2012

INFORMAÇÕES BÁSICAS

Livro de Bolso Iniciante Vaper
================================================================

Analógico: É o apelido dado aos cigarros/charutos/cachimbos tradicionais, que utilizam-se da queima de tabaco.

================================================================

Atomizador: É a resistência que aquece o e-líquido e faz o vapor (Ver abaixo)
Atty do Health:

================================================================
Atty do 901:

================================================================
Atty do 510:

================================================================
Atty 510-t e Ego-T

================================================================

Bateria: É a parte que provê energia ao e-cig. Normalmente possui um led (geralmente vermelho, laranja, azul ou verde) na ponta para "simular" a brasa e indicar status de funcionamento (geralmente cinco a sete piscadas indica modo "Cut Off" que é o desligamento automático da bateria para proteger a resistência do superaquecimento, e oito a 11 piscadas indica fim de carga). Existem alguns modelos de e-cig (como o e-cigar da DealExtreme) que a bateria e o atomizador formam uma única peça. Existem dois tipos de bateria: manual e automática, dependendo do modelo do e-cig.

Bateria automática: É aquela acionada pela tragada, a mais natural pra quem está acostumado a fumar cigarros analógicos. É a que melhor simula o hábito de fumar, porém é mais delicada e tende a dar mais problemas, como acionar sozinha por impacto (as de acionamento mecânico) ou por sons altos (as de acionamento por microfone de letreto).

================================================================

Bateria manual: É aquela que tem um botão de acionamento para o atomizador. Você aperta o botão e puxa o vapor. Embora possa ser estranho no inicio o uso de um botão, esse método permite um maior controle no tempo de tragada, e é bem resistente quanto a durabilidade. O cuidado deve ser tomado ao se guarda-las em bolsos de calças, onde ela pode ser acionada sem querer.

================================================================

Bateria USB: É aquela que é ligada na porta USB do computador para prover energia constante. Não é uma bateria, de fato, mas tem a mesma função dela. Podemos comparar com ligar uma lâmpada na pilha e na tomada de casa.É também chamada pelo nome em inglês, "USB Passthrough" Também existe em versões automática e manual. Podemos dizer que faz do seu "e-cigarro" um "e-narguilé" Laughing (Ver abaixo)

================================================================

Bateria Ego USB: Utiliza o mesmo conceito da Bateria USB acima, no entanto, permite que você retire o cabo USB e use a bateria como um eGo convencional. Traz algumas vantagens sobre as baterias de Ego convencionais, eliminando o uso de carregadores adicionais (basta uma porta USB), e a conveniência de usar o e-cig enquanto esta sendo carregado. O tamanho da bateria Ego USB é ligeiramente maior do que as convencionais de mesma capacidade.

================================================================

Bocal: (Também conhecida como Piteira): É a peça que você usa para aspirar o vapor. Na figura abaixo (Joye eGo) é a peça que imita o "filtro" do cigarro analógico, ou as piteiras de cigarrilhas:

================================================================

Cartomizador: É um termo que define um cartucho que forma uma única peça com o atomizador. Acabou-se o e-líquido, troca-se o cartucho E o atomizador. É mais caro, mas economiza trabalho de manutenção, e garante sempre estar com um atomizador novo. É também chamado de atomizador descartável. Não existe para todos os modelos de e-cigs Update 20/11/10: Hoje já existem cartomizadores para quase todos os modelos e já não são mais descartáveis. Podem ser recarregados facilmente e sua durabilidade é quase igual a de um atty, e custa 5x menos. (Ver abaixo)
================================================================

Cartucho: É o local que contém o líquido, que geralmente contém uma fibra de poliéster (como se fosse uma espuma) usada para evitar o escorrimento desenfreado do líquido. Para a maioria dos modelos, o cartucho fica no próprio bocal, em outros o cartucho vai no corpo do e-cig.

================================================================

Coice: Veja abaixo: Throat Hit
================================================================

Descartável: São os modelos de vaporizador cuja bateria não é recarregável e/ou o atomizador/cartucho não é substituível. São feitos para um único uso. Acabou o e-líquido, ou a carga da bateria, joga-se o aparelho fora. A bateria geralmente dura (bem) mais que a carga de uma bateria recarregável. Um exemplo é o e-charuto Ruyan Vegas. São também chamados pelo termo em inglês, "disposable". A desvantagem está no custo, mas a principal vantagem é que é um produto simples, não vem com carregador e um monte de peças extras, é tirar da caixa e usar. Ideal para presentear pessoas a quem você quer mostrar o mundo do e-smoking.

================================================================

Drenagem: Drenar um atomizador é deixá-lo descansando de um dia para o outro. Faz-se isso deixando-o apoiado sobre um material absorvente (por exemplo, papel toalha), com a sua parte frontal (isto é, a parte que faz o contato com a bateria) virada para baixo, para que escorra o excesso de fluido. (Ver abaixo)
================================================================

E-cachimbo: É o cachimbo eletrônico. Segue o mesmo princípio de funcionamento do cigarro eletrônico porém tem o formado de um cachimbo. É também chamado pelo nome em inglês, e-pipe. É o vaporizador mais caro.

================================================================

E-charuto: É o charuto eletrônico. Segue o mesmo princípio de funcionamento do cigarro eletrônico mas tem tamanho e forma que se assemelha mais a um charuto. É também chamado pelo nome em inglês, e-cigar. Abaixo segue uma foto de um e-charuto NÃO DESCARTÁVEL da Ruyan:

================================================================

E-cigarro (E-cig): É o cigarro eletrônico. Também chamado de e-cig ou e-cigarette. Abaixo vários modelos, comparados a um cigarro analógico:

================================================================
E-juice Vide e-líquido
================================================================
E-líquido: É o produto que, vaporizado pelo atomizador, faz a "fumaça" do cigarro eletrônico. Existe nos mais variados teores de nicotina e nos mais variados sabores. É composto (em geral) basicamente de propileno glicol, glicerina bidestilada, nicotina e essência alimentícia. Existem também versões que em vez da glicerina bidestilada usam a glicerina vegetal, e existem também versões sem o propilenoglicol, para as pessoas que tem alergia a esse produto. Costumamos aqui no fórum chamá-lo, às vezes, de "fluido" ou de "e-juice" (um dos termos em inglês). (Ver abaixo)

================================================================

Enchimento: O enchimento do cartucho é, em geral, feito com uma fibra de poliéster. Geralmente os cartuchos já vêm de fábrica pré-enchidos, porém sempre existe a possibilidade de substituir o enchimento quando o mesmo chega ao fim de sua vida útil. Há relatos de sucesso no uso de pedaços de papel toalha, de filtros de café e de material de sacos de chá no lugar do poliéster. (Ver abaixo)

================================================================

Glicerina: É o glicerol de nível comercial, com pureza acima de 95%.
================================================================

Glicerina Vegetal: É a glicerina obtida a partir de fontes vegetais. (Obs: Atualmente todas as glicerinas bi-destiladas comercializadas no Brasil são de origem vegetal, salvo especificação em contrário)
(Ver abaixo)
================================================================

Glicerina ou Glicerol: Glicerol ou propano-1,2,3-triol (IUPAC, 1993) é um composto orgânico pertencente à função álcool. É líquido à temperatura ambiente (25 °C), higroscópico, inodoro, viscoso e de sabor adocicado. O glicerol está presente em todos os óleos e gorduras de origem animal e vegetal em sua forma combinada para formar a molécula de triacilglicerol. O glicerol combinado está presente também em todas as células animais e vegetais, fazendo parte de sua membrana celular , na forma de fosfolipídios. O glicerol é reconhecido como seguro para o consumo humano desde 1959, podendo ser utilizado em diversos produtos alimentícios para os mais diversos propósitos. Vários estudos mostraram que uma grande quantidade de glicerol (sintético ou natural) pode ser administrada sem aparecimento de qualquer efeito adverso à saúde. É frequentemente utilizado na indústria alimentícia e farmacêutica, como: umectante, solvente, amaciante; umectante e agente suavizante em doces, bolos e sorvetes, retardando a cristalização do açúcar; agente umectante nas embalagens de queijos e carnes; solvente e agregador de consistência em flavorizantes e corantes; produção de mono–, di–, ou triglicerídeos para uso em emulsificantes; produção de polímeros, como poliglicerol, que são adicionados em margarinas; meio facilitador da transferência de calor, por estar em contato direto com o alimento, permitindo que algum alimento específico seja rapidamente resfriado para que não perca algumas caracteríticas desejáveis; Pomadas; Elixires, xaropes; Anestésicos; cremes e loções que mantém a maciez e umidade da pele; supositórios; cremes dentais, é comum ser utilizado para conferir-lhe brilho, suavidade e viscosidade. Uma colher de chá de glicerol tem aproximadamente 27 kcal e tem um poder adoçante equivalente a 60% da sacarose (açúcar de cana). Embora o glicerol apresente aproximadamente o mesmo nível energético obtido pelo açúcar comum, ele não eleva os níveis de açúcar no sangue (veja glicemia) e também não alimenta as bactérias que causam a cárie. Em sua forma concentrada ele jamais deve ser consumido, pois ocasiona a retirada de água dos tecidos vivos causando problemas gástricos. Como aditivo alimentar, ele é reconhecido pelo número E - E422, pertencendo à classe dos espessantes, estabilizadores, gelificantes e emulsionantes. Quando presente em alimentos, ele é facilmente digerido como se fosse um carboidrato..
================================================================

Gotejamento (Dripp): É o ato de "vaporizar" um e-cig sem cartucho. Pinga-se duas gotas do e-líquido diretamente no atomizador e utiliza-se o bocal sem cartucho. (Ver abaixo)
================================================================

Mini: É o modelo de cigarro eletrônico mais indicado para iniciantes. Produz quantidade aceitável de vapor. Um exemplo é o 901, abaixo ilustrado na cor preta e com led azul:

================================================================

Nicotina: Nicotina é o nome de uma substância alcalóide básica, liquida e de cor amarelada, que constitui o princípio ativo do tabaco. A nicotina age sobre os receptores nicotínicos de acetilcolina em pequenas quantidades estimula estes o que causa uma libertação de adrenalina, emoção e em grandes quantidades bloqueia-os sendo esta a causa da sua toxicidade e eficácia como insecticida. O seu efeito quando consumida como tabaco manifesta-se de duas maneiras distintas: tem um efeito estimulante e, após algumas tragadas profundas, tem efeito tranquilizante, bloqueando o stress. Seu uso causa dependência psíquica e física, provocando sensações desconfortáveis na abstinência. Em doses excessivas, é extremamente tóxica: provoca náuseas, dor de cabeça, vômitos, convulsão, paralisia e até a morte. A dose letal (LD50) é de apenas 0.5-1.0 mg/kg em adultos o que faz dela um veneno muito forte. *Alguns estudos apontam a nicotina como fator acelerador de processos cancerígenos, embora haja controvérsias se a nicotina em si seja a causadora do câncer entre os fumantes (alguns estudos sugerem que a nicotina apenas acelera o processo cancerígeno decorrente da inalação de fumaça e outros produtos químicos presentes no cigarro).
*Estudos mais recentes evidenciam que a nicotina é o alcalóide responsável pelo vício. Suas ações no organismo humano se restringem à atividade vasoconstritora e a dependência provocada pelo uso crônico. Os demais elementos químicos encontrados no tabaco, todos incluidos no chamado grupo do alcatrão, são os responsáveis pela ação cancerígena, principalmente pela ação das nitrosaminas.
(Ver abaixo)
================================================================
Nitrosaminas= Grupo de substâncias químicas potencialmente cancerígenas, encontradas em diversos gêneros alimentícios, como cerveja, peixes e seus derivados, e nos derivados da carne e do queijo preservados com conservantes de sal de nitrito (ver nitrito de sódio). Eles são formados quando a proteínas da comida reagem com os sais de nitrito no estômago. Na carne se formam na ação da carbonização das proteínas, durante o cozimento.Estão presentes também no tabaco e seus derivados.
================================================================
Passtrough= Ver Bateria USB
================================================================
Pen-style: É o e-cigarro que tem porte similar ao de uma caneta. Geralmente o atomizador é mais grosso que a bateria, lembrando a tampa de uma caneta. Produz grande quantidade de vapor, e geralmente os cartuchos cabem mais e-líquido.

================================================================

PCC (Personal Charger Case): É um estojo para e-cigs que funciona como carregador portátil de bateria. Tem uma bateria interna, que é carregada na parede ou na porta USB do computador, um espaço para uma bateria (que é plugada para ser carregada pelo estojo) e espaço para suprimentos (cartucho/atomizador).
================================================================

PG: Ver Propilenoglicol (Ver abaixo)
================================================================

Preenchimento: É o ato de preencher um cartucho com líquido, ou seja "completar o tanque". Pode ser usado um conta-gotas, uma seringa, ou qualquer outro método preciso para esse trabalho. Deve-se tomar cuidado para não transbordar o cartucho.
================================================================

Propilenoglicol: É um dos componentes do e-líquido, conhecido também pelo nome sistemático propano-1,2-diol. É um composto orgânico (um álcool diol), usualmente um líquido oleoso sem sabor, inodoro, e incolor que é higroscópico e miscível com água. É considerado seguro para consumo, e muito utilizado pela indústria farmacêutica e alimentícia, como um hidratante em medicamentos, cosméticos, alimentos, pastas de dentes, enxaguatórios bucais, e produtos de tabaco , lubrificante médico e sexual (chamado de "lubrificante íntimo"), como solvente para corantes alimentícios e flavorizantes e como um aditivo alimentar umectante. (Ver abaixo)
================================================================

Ruyan: É a empresa chinesa que inventou o cigarro eletrônico. A tradução do nome é "parece fumar".
================================================================

Starter kit: É o kit básico de cada modelo de cigarro eletrônico. Um starter kit vem no mínimo com um atomizador, uma bateria, um carregador (USB, veicular ou AC) e alguns cartuchos, além do manual de uso. Alguns vêm com duas baterias e dois cartuchos, e existem até alguns que vêm com três carregadores (USB, AC e veicular).
================================================================

Super mini: São os e-cigarros que possuem tamanho similar ao de um cigarro analógico. Geralmente não produzem grande quantidade de vapor e requerem recargas de bateria e preenchimento constantes.

================================================================

Throat hit ( COICE ): Traduz-se literalmente como "paulada na garganta", ou seja, é a sensação de "mata-peito" Laughing que um determinado e-líquido produz na garganta de quem o vapora. Falando em analógicos, podemos fazer a seguinte analogia: um Marlboro Red tem mais "throat hit" que um Carlton Silver. Também usada a breviação TH.
================================================================

Transbordar: Transbordar um cartucho é enchê-lo em demasia. A principal conseqüência do transbordamento é a aspiração de e-líquido puro e não vaporizado para a boca (não muito recomendável principalmente para teores mais altos de nicotina. Outras conseqüências podem ser o entupimento do atomizador ou o escorrimento de e-líquido para a bateria, inutilizando-a (por curto-circuito ou bloqueio dos contatos). (Ver abaixo)
================================================================

Vaporar: Vaporar é o ato de "fumar" um cigarro eletrônico. Utiliza-se este nome porque o cigarro eletrônico não faz "fumaça" ("fumar" é fazer e aspirar fumaça), e sim "vapor".
================================================================

Vaporizador Pessoal: Também chamado apenas de vaporizador, ou PV (de Personal Vaporizer), é o nome técnico de todos os tipos de cigarro eletrônico. E-cigarros, e-charutos, e-cachimbos, são todos tipos de vaporizadores. Um PV é composto por bateria (geralmente recarregável), atomizador, bocal e cartucho. (Ver abaixo)
================================================================

VG: Ver Glicerina Vegetal
================================================================



Tendo em vista que estamos usando várias abreviações que não constam aqui, e termos em inglês que estão aqui em português, estou dando uma atualizada. Peço que comuniquem erros e ausências.
================================================================

ATTY = Atomizador (Ver acima)
================================================================

VG = Vegetable Gliceryn / Glicerina Vegetal (Ver acima)
PG = PropilenGlicol / Propileno Glicol (Ver acima)
================================================================

DX = Deal Extreme
HG = Heaven-Gifts
HC = Health Cabin
TW = Totally Wicked
================================================================
LR = Atomizador de alta potência (resistência mais baixa)
HV = High Voltage / Alta Voltagem = Ato de vaporar acima de 3.7v
PV = Personal Vaporizer / Vaporizador Pessoal (Ver acima)
TH = Throat Hit (ver acima)
================================================================

USB PASSTROUGH = Bateria USB (Ver acima)

RED/BLUE/GREEN TIP = Led da ponta Vermelho/Azul/Verde

CARTOMIZER = Cartomizador (Ver acima)

DRIPPING / DRIP = Gotejamento / Gotejar (Ver acima)

MOD = Modificação no E-cig

E-LIQUID / E-JUICE =
E-liquido (Ver acima)

POLLY = Poliéster / Enchimento (Ver acima)

FLUVAL = Enchimento de espuma para filtros de aquário
BLUE/BLACK FOAM = Idem acima

NIC = Nicotina

TOP-OFF = Pingar 2 ou 3 gotas no cartucho para completar um cartucho que já foi usado mais não acabou.

ENXARCAR = Enxarcar, literalmente, o atomizador. Pode ser obtido pingando mais de 3 gotas usando em gotejamento ou quando se enche demais o cartucho (ver Transbordar acima) e deve ser evitado. Quando um atty está enxarcado, ouve-se um som de bolhas no atty e o vapor é quase nulo. Algumas pessoas pensam que o atty está queimado, quando muitas vezes está enxarcado. Para solucionar, é necessário uma DRENAGEM (Ver abaixo).

FLOODED / FLOOD =
Enxarcado / Enxarcar o atty (Ver acima) (Não confundir com FLOOD de mensagens no fórum)

DRENAR / DRENAGEM = Ato de retirar o liquido em excesso que se encontra no atty. Pode ser feito por descanso (ver acima) sobre papel toalha ou soprando o atty em um dos orifícios com papel toalha na ponta (mais rápido e efetivo). Pode ser feito assomprando tanto do lado do conector, quanto do lado do cartucho sempre com papel toalha na outra extremidade. (No 510 eu assopro no conector do cartucho, no 801 no conector da bateria)
================================================================

Saiba mais sobre vaporizadores em papovaper.com